quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Você me abraça e a tristeza vai embora



Em maio fui com marido num retiro para casais. Foi um final de semana maravilhoso como contei aqui em postagens anteriores. Momento de muita reflexão e emoção. Foi um retiro preparado pela Pastoral Familiar e  quem participa desses encontros sabe como são lindos e como colaboram para aprimorar as relações entre os casais e destes com os filhos. No segundo dia do retiro tivemos a presença de um psicólogo que nos falou, entre tantas coisas, como é preciso sempre fortalecer os laços que nos unem a que amamos. E apesar de todo o desgaste que sofre o conviver, a tristeza e a mágoa devem morrer num abraço. Nem preciso dizer como chorei nesse encontro e como nos marcou tudo o que foi dito e ouvido naquele final de semana.

Então hoje acordei com a música que o palestrante, mesmo desafinado, cantou lindamente para nós

Pareço Um Menino
(Fábio Jr.)

Apenas você tem o dom
De mudar meu destino
É so me tocar com seus olhos
Pareço um menino...

Deitado em seu colo
O mundo não
Me surpreende
Sou homem maduro
Mas na sua frente
Não sou mais
Que um menino...


Você tem a luz
Que ilumina
O nosso caminho
Depois de você, descobrir
Que não sou, mais sozinho...
Você é o amor
Que a vida me deu
De presente
Sou homem maduro
Mas na sua frente
Pareço um menino...


Você me abraça
E a tristeza, vai embora
A dor que existe
Fica da porta prá fora
A gente briga
Mas é coisa que acontece
Logo o coração esquece
Porque a gente se adora...(2x)

(Não consegui postar o vídeo da música)

A música me comoveu, comoveu ao marido também. Reconheci mais uma vez  que é possível deixar a dor do lado de fora e recomeçar. Por que para alguns é tão difícil dar esse passo, esse abraço?

Porque me recuso a esquecer o seu sorriso

Filho como eu gostaria que você ouvisse essa música com o mesmo coração acolhedor que ouvimos naquele dia do encontro.
Não se preocupem com o que escrevi acima. Lembrei da música, continuo triste, mas sem me entregar à tristeza. Lutando sempre para reconstruir os laços, que pra falar a verdade, nem sei porque foram rompidos.

Aosqueridos e queridas que passam por aqui, deixo o meu abraço carinhoso.

16 comentários:

Maria Lúcia - Asas da Imaginação disse...

Oi querida!
Que a paz de Deus guarde o seu coração!
Um abraço carinhoso de quem gosta muito de ser sua amiga!.

Tati Pastorello disse...

OI Gi, acho que quando estamos dodóizinhas dói mais, né? Tudo isso ainda vai passar. Tomara que passe logo, e o tempo já terá sido longo demais. Que seu filho leia seu texto, se comova e se aproxime. Um primeiro gesto já aconteceu, o anjinho já foi entregue. Aguarde novas surpresas. Sei que não dá para estar feliz numa situação dessas, mas tudo se resolverá! Beijos.

Isabel Cristina disse...

OI Giovana, que vc consiga restabelecer estes laços... torço muito por isto!

Desejo melhoras para a sua sogra! Realmente este tempo é muito ruim para os idosos e para as nossas crianças. Mas Deus estará com vocês!

Então vc virá a BH em outubro?? Nossa, espero que possamos ter a oportunidade de nos conhecermos, já pensou? Beijocas

Vi por aí... disse...

Post emocionante...
Certamente, atingirá seu intuito!
Força!
Bjkas

Yoyo disse...

Pois é Gi...Muitas vezes tudo que precisamos é de um forte abraço.
Peço a Deus que um dia(em breve) todos os laços que se romperam possam ser refeitos.
Bjo no core

Manuela Freitas disse...

Olá querida Gi,
Um dia tudo passará!
Vim te dar um abraço, porque não quero ver vc triste,
Manú

Nilce disse...

Oi, Gi

Só você sabe o quanto isso está te maltratando. Não se deixe abater. Vc reconhece o que é preciso e logo ele também compreenderá.
Estou falando por experiência própria.
ELE vai te ouvir e colocar teu filho o mais rápido possível novamente junto a vocês.

Bjs no coração!

Nilce

Françoise disse...

Oi Gi,
Também participei várias vezes de encontros como este. Momentos únicos que mexem com a gente em todos os sentidos.
Sei que seu coração está apertadinho mas nao desgrude de Deus, você está no caminho certo. As respostas parecem demorar, mas tenha certeza que ELE está preparando algo muito especial pra vc, por isso o tempo. Confie, não desista de sorrir , peça com muita fé o que tanto deseja.

Fique bem,
Abraço bem apertado...

armalu disse...

Oi Querida que poema lindo,e que imagem forte de um abraço, com as mãos em jeito de coração. obrigado por dividir connosco. bj Lu

JOANA CAMPOS disse...

Oi amiga, já fizemos 2 cursos para casais na igreja que frequentamos, mas nunca fui num retiro.

E que pena que os laços com seu filho ainda não foi reestabelecidos, mas Creia em Deus!
Creia! apenas Creia!

Bjs

Joana Campos

Deia disse...

Oi Giovana! A letra da música é tão bonita, aliás, vai além, é emocionante. O Senhor é maior e mais sábio, querida, nosso tempo não é o tempo Dele, mas, quando a hora certa chegar, tenho certeza de que o sorriso que você não irá esquecer lhe será dirigido mais uma vez... Passei por isso, e, apesar de ter demorado três anos, valeu a pena o reencontro... Um beijo e fé! Deia.

orvalho do ceu disse...

Oi, amiga muito querida
Laços rompidos podem ser refeitos a qualquer momento numa surpresa maravilhosa do Deus que é pura Bondade.
Tenha paz e persevere no Bem... Terá toda a vitória que lhe é devida.
Bjm e serenidade pra vc.

Glorinha L de Lion disse...

Ai amiga, hj não posso nem te consolar estou afundada em tristeza e decepção. Por favor, retire esse livro de votação, pois essa ong não existe. beijos, me perdoe.

Beth/Lilás disse...

Gi, você sabe que a perseverança e fé não devem esmorecer, portanto, espere e verás que um dia ele enxergará tudo isso.
beijos cariocas

Sandra (patch & bordados) disse...

Querida,
Quero deixar aqui o meu abraço para vc. Sei que temos muitos desafios na vida e, para mim, viver é quebrar as quinas das diferenças dos pontos de vista. Muitas vezes nem entendemos como as relações chegam em determinadas situações...assim é só Jesus pra iluminar e trazer a paz e o entendimento.
Tudo dará certo!
Um grande beijo, Sandra.

Paula Betzold disse...

Oi Gi, eu não entendi direito a parte do seu filho, mas pelos comentarios que li acima, so posso dizer que torço pra que fique tudo bem! Nao é segredo que a minha relação com a minha mãe é pessima, mas ela nao vai mudar mais, eu que tenho que me adaptar a isso mesmo. Mas, hj, como mae, entendo o amor de uma mae por um filho, e torço pra que fique tudo bem. Chorei horrrores lendo teu post, essas relaçoes familiares ainda mexem mto comigo.
Tudo de melhor pra vc, minha querida. desculpe minha ausencia mas as coisas aqui em casa estao num ritmo frenetico.
um abraço especial, forte, grande e super apertado pra vc.
meil beijos