sexta-feira, 28 de maio de 2010

O Luto das Orquídeas no Espírito Santo

                                               
Roberto Anselmo Kautsky, nasceu em 23 de maio de 1924 na localidade de Santa Isabel, hoje distrito de Domingos Martins. Em 22 de maio de 1933 a família transferiu-se para Domingos Martins, onde reside até hoje. Filho de pai austríaco e mãe alemã, a paixão pelas flores começou aos 9 anos de idade incentivado pelo pai que também foi um amante e protetor da natureza. Roberto, Orquidófilo e bromeliófilo autodidata no estudo de plantas e bichos da Mata Atlântica, é conhecido também como o "Senhor das orquídeas". Roberto é  sem dúvida, o símbolo da determinação e do trabalho incansável pela natureza.

Um homem simples, alegre, determinado, curioso, é amante e preservacionista da natureza e da vida, é citado com respeito entre os cientistas devido as pesquisas e descobertas que contribuíram e continuam contribuindo para a ciência. Há muitos anos vem coletando plantas nos desmatamentos indiscriminados e reintroduzindo na natureza. Kautsky transfomou seu sítio numa reserva natural na qual possui várias trilhas, onde protege as plantas e os bichos da Mata Atlântica. Além de várias descobertas registradas, sendo que algumas foram publicadas no Japão, Estados Unidos e Alemanha, tem outras tantas a espera de registros e novas publicações, como um peixe do gênero Trichomycterus, um novo sapo diferente, uma aranha, um macaco de cara escura e várias orquídeas e bromélias que estão sendo estudados para serem publicadas.

Acredita que viver com qualidade é estar em harmonia com a natureza, consigo mesmo e com os outros.

As maiores autoridades botânicas do mundo já visitaram o Sr. Roberto, que foi agraciado com o título de Membro Honorário (Honorary Trustee) pela Cryptanthus Society do Estados Unidos, e pela Bromeliad Society, também nos EUA.


Oncidium majevskyiae


                                                    
                                                                   Baptistonia damacenoi


                                                                                                 Laelia Kautskyi

Com 86 anos, o  seu Roberto, como era conhecido na cidade faleceu na última terça-feira (25 de maio) , vitima de câncer. Foi o pioneiro em educação ambiental e havia se aposentado do trabalho em sua fábrica de Refrigerantes Coroa (que fabrica o guaraná Coroa - quem é do ES sabe a diferença no sabor desse refrigerante) para se dedicar à natureza e em especial ás orquídeas. Roberto Kautsky era um dos pesquisadores de bromélias e orquídeas mais respeitados do mundo, tendo descoberto mais de 1.150 espécies.

Se não bastasse o trabalho com as orquídeas e Bromélias, Roberto Kautsky fundou em 2003 o Instituto Roberto Carlos Kautsky, em homenagem ao pai dele, que oferece a moradores de Domingos Martins e visitantes, trabalhos de contato direto com o meio ambiente. Além disso o Instituto promove atividades de educação ambiental e reciclagem com resíduos recolhidos pela própria população.

Quando chegava a noite na cidade e as pessoas perguntavam pelas orquídeas, respondia: "as meninas estão dormindo". Não dá mesmo para acreditar que as flores estão de luto?

17 comentários:

Mara D'Almeida disse...

Ei Giovanna!!! è uma pena termos perdido o Roberto Anselmo, ele é uma identidade do nosso Estado. E falar em orquídea, ganhei uma do meu sogro semana passada.
Ah e o tempo não passou assim para o Gui, não, ele, hoje, está muito charmoso com aquele cabelo quase grisalho e sua barriguinha saliente, não sei como as pessoas não percebem isso, ou ainda bem que não ficam reparando, pois "sou muito ciumenta", rsrs. Beijos. Mas que ele está muito gato hoje, está!

Misturação - Ana Karla disse...

Que bonito esse Senhor Giovanna.
Roberto Anselmo Kautsky, um espetáculo de vida da natureza.
Bom dia amiga.
Xeros

Beth/Lilás disse...

Pessoas como esse seu Roberto, perfumam e enfeitam a vida de muitos, com certeza estará sua alma em um lugar também assim.
Gostei de saber de mais essa história de um brasileiro importante.
bjs cariocas

Chica disse...

Ele deixou uma linda história de vida e rastro a ser seguido. Triste perda! beijo,chica

Paula Betzold disse...

Que pessoa especial, né?! ao bom saber que ainda tem gente assim no mundo... lindas as flores!!! Tomara que alguem assuma a responsabilidade de cuidar delas com tanto amor quanto ele!beijinhos

Vivi disse...

O Céu com certeza está em festa né Gi!!!!??
Que descanse em paz
bjs

Paula Betzold disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paula Betzold disse...

Querida, desculpe ter trocado seu nome! confundi na hora de postar o comentario, foi mal mesmo... o blog tb ta me ajudando horrores, foi a melhor ideia que tive nos ultimos tempos!!! Adoooooro o carinho de vcs!!! beijoes!

Gina disse...

Tenho certeza que esse contato com a natureza deu ao Sr. das Orquídeas uma grande qualidade de vida. Quem se dedica com tanto afinco, recebe muita coisa boa em forma de prazer.
Bom final de semana!

Lata de Luxo disse...

Ola,Giovanna.
Pessoas assim,como o Sr.Roberto,vieram para fazer a diferenca aqui na Terra e deixar seus ensinamentos.Ele teve uma vida plena e fez muitos amigos,foi amado e aclamado,a melhor coisa a fazer e nao deixar que se perca o que ele com tanto carinho deixou.Grande beijo.zenaide storino.

Manuela Freitas disse...

Giovanna,
Que bom conhecer pessoas como o Sr. Roberto, que viveram na luz, deixando o seu rasto de luz!...
Que flores maravilhosas!...
Lindo post que fizeste minha querida.
Beijinhos,
Manú

Almira Almeida disse...

Giovanna,
Que bom encontrar seu blog, está lindo. Eu também sou bibliotecária e apaixonada por essa profissão; quero convidá-la a visitar o Livro & Arte, ficarei feliz com sua acolhida. Vamos nos falar mais e pra ficar mais próxima vou seguir seu blog.
Parabéns!
Beijos,
Almira

Claudinha ੴ disse...

Uma linda homenagem!
* Lindas orquídeas também!
Beijo.

Sandra. disse...

Oi querida,
Que perda! Mas o legado ficou e isso é fantástico.
Obrigada pelos comentários sempre tão carinhosos.
Um beijo, Sandra

Silvana - Interior Adentro disse...

Oi Gi!

Mas que pena perder este senhor...

São tão poucos que tem uma luta tão gloriosa que qdo se vão nos deixam órfãos.

Roberto Anselmo Kautsky: um nome para não se esquecer.

Bom domingo!

Beijooo

Glorinha L de Lion disse...

Que estória Giovanna! E pensar que nunca ouvi falar nesse homem! Só mesmo no nosso país onde BBB é que vira celebridade e um semi analfabeto manipulador tem 78% de aprovação popular....
Tristeza....beijos.

cantinho she disse...

Oi Gi... pôxa que triste!
Com certeza elas estão mesmo de luto, bjo, bjo!