quinta-feira, 27 de maio de 2010

AMO-TE




Amo-te quando em largo, alto e profundo
Minha alma alcança quando, transportada
Sente, alongando os olhos deste mundo
Os fins do ser, a graça entressonhada.


Amo-te em cada dia, hora e segundo:
à luz do sol, na noite sossegada.
E é tão pura a paixão de que me inundo
Quanto o pudor dos que não podem nada.


Amo-te com o doer das velhas penas,
Com sorrisos, com lágrimas de prece,
e a fé da minha infância, ingênua e forte.


Amo-te até nas coisas mais pequenas.
Por toda a vida. E assim Deus o quisesse,
Ainda mais te amarei depois da morte.

(Elizabeth B. Browning)


Hoje,27 de maio de 2010 - 21 anos de casados

Aos queridos que passam por aqui deixo o meu abraço  e agradeço todos os comentários lindinhos e carinhosos das postagens anteriores.

12 comentários:

Cris França disse...

que lindo poema querida, cheio de amor. bjs

Taty disse...

Oi amiga!! Sabia que adoro te vistar? Vc é minha fonte de inspiração... muitas amigas do blog me inspiração como arteiras, donas-de-casa, mas vc me inspira como mulher... Adoro tudo o que escreve e admiro muito sua postura diante da vida. Gostaria de ter a oportunidade de te conhecer pessoalmente. Muito lindo ver tudo o que escreveu sobre sua relação, me fez refletir sobre a minha vida, num momento em que ando desacreditada em algumas coisas e com desejo de mudar. Parabéns por manter a chama depois de anos de casamento amiga!!! Vc colocou num comentário lá no blog que eu voltei renovada,... espero que sim viu?
Beijoss!!!!

Vivi disse...

27 de Maio!!!!!
Uma data linda não é mesmo ??!! vcs casaram e um ano depois eu ganhei o Rá!!!!
Parabéns pra todos nós né querida!!!
bjs

Açuti disse...

Oiii Gi,

que lindo!!!
Parabéns, que belo amor!!!

bjksss

Luciana Casado disse...

Que lindo, amiga! :D

Paula Betzold disse...

Oi, vim conhecer seu cantinho.... adorei o poema, parabens!!!

cantinho she disse...

Que lindooooooooo! Parabéns e muitas felicidades pra vcs!
Bjo, bjo!

Silvana - Interior Adentro disse...

Oi Giiiiiii!

Que poesia mais linda!

Eu adorei.

Vc é sempre tão sensivel...

Sei que demora a aparecer, mas agora as coisas estão melhorando por aqui e espero não me distanciar mais de vc.

Beijoooo

PS: adorei seu comentário sobre o livro 1808. Eu o adorei e já dei uns 4 de presente, vê se pode...hehehe

Paula Betzold disse...

Querida, obrigada pelo comentario, apoio e pelo carinho.
Já pensei nesses sites de relacionamento, só deve ter gente na mesma que eu, né?! Vou amadurecer a ideia! beijos

Isadora disse...

Oi Giovana que bom chegar aqui é ler palavras de amor, de entrega, de desejo...
Um amor que trascendo o nosso tempo e se eterniza.
Lindo!
Um beijo

Mara D'Almeida disse...

Ei Giovanna! Parabéns pra "nóis" né!!! rsrs. Amei seu poema, acho que vou copiar. Vamos a missa das famílias hoje. Beijos.

Mara D'Almeida disse...

Ah e obrigada pela visitinha e pelo comentário, por todo carinho!!!