quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Quanta Saudade do Meu Trabalho, Sou Louca?

Quanta saudade desse lugar! Das pessoas, dos amigos que fiz por aqui ao longo desses 24 anos, das coisas e dos objetos, das paredes, algumas tão antigas e com tanto pra contar e falar. Mas saudade mesmo, estava dos livros e dos documentos, do cheiro deles, da textura e gramatura do papel que foi feito cada um. Parece loucura e certamente é. É a minha loucura amar tanto um trabalho, ser tão feliz exercendo uma função que as vezes tenho medo desse amor demasiado e exagerado.

Ai que medo de quando eu não tiver mais que vir aqui todos os dias. Medo de me acostumar com a ausência dos meus colegas, de não me importar mais com eles e nem eles comigo. Na verdade, tenho medo do que desconheço. É claro, tenho consciência que esse dia vai chegar e também da minha enorme capacidade de adaptação ao novo. Facilidade de escrever uma nova história sempre foi uma qualidade minha.

Essa sensação de prazer no trabalho, de satisfação e realização que sinto se faz muito mais forte quando volto das férias. Talvez pelo fato de ter ficado afastada mais de 30 dias ou talvez porque eu seja louca de jogar pedra mesmo. O fato é que ao entrar no setor hoje pela manhã, dei um abraço forte nos meus companheiros, inspirei fundo para me impregnar desse aroma de história, memória, de vida que foi e vida que segue.

 

E a minha segue, para mais um ano, se Deus quiser, de trabalho, muito trabalho, projetos, novos conhecimentos, partilha do que sei e do que sinto. Mais um ano de sentir e fazer crescer esse amor pelo trabalho, por esse trabalho e depois novamente as férias para descansar o corpo, a cabeça e me encher de saudades de novo.  

22 comentários:

JOANA CAMPOS disse...

Que lindo Giovanna, muito poucas pessoas sentem essa alegria ao voltar ao trabalho a cada dia, imagina ao final de férias? Parabéns amiga, por sentir prazer em fazer o que gosta.

Beijos e Deus te abençoe.

Apareça no bloguito, sito sua falta.

Lu Souza Brito disse...

Oi Gi,

Que delícia voltar ao trabalho com esta alegria toda hein.
Eu adoro o que faço, mas confesso que não volto com esta disposição toda não. Talvez seja porque eu vendo metade das minhas férias, já que nao posso tirar na melhor época (dez a janeiro) ou jan a fevereiro. Daí que sempre volto com gosto de quero mais. Sensação de nao descansar!
Este ano quero ver se tiro ao menos 20 dias corrido, sem choro nem vela!

Nilce disse...

Quem faz o que ama é muito feliz no trabalho Gi.
Teu comportamento é normal sim. Tirar férias é muito bom, mas é o trabalho que preenche a nova vida. Que seu ano seja maravilhoso.

Bjs no coração!

Nilce

Vanessa disse...

Olá, Giovanna
O mais importante você tem, que é o que muitas pessoas não sentem, o gostar do trabalho que faz, sentir felicidade com o seu trabalho.
Nós, mulheres, hoje em dia sentimos a necessidade de trabalhar fora (ou será que sou apenas eu????...hihihih)
até gostamos de cuidar da casaa, marido, filhos, mas trabalhar fora é uma necessidade física e psicológica, tá boooom estou falando por mim, ok ok!!!
Enfim, é muito difícil encontrar pessoas que amam o trabalho como vc. Eu gosto do meu, mas de vez em quando caaaaansaaaa
Bjão

Misturação - Ana Karla disse...

Gi, voltar ao trabalho significa que se tem emprego e que se é útil.
Feliz de quem tem.
Adorei teu texto.
E parabéns pela alegria!
Sua foto do perfil está liiinda. Chique!
Xeros

Chica disse...

Não és louca ,não!Apenas tem sorte de trabalhar no que te preenche e deixa feliz!

Lindo!

beijos,chica

Iram M. disse...

Ai Gi,
quem me dera poder voltar a um trabalho.
Não que eu esteja reclamando de ter tempo de sobra, mas as vezes vontade de trabalhar.

Beijo querida

Teresinha Ferreira disse...

Oi Gi,
Gostei muito do que você escreveu.
Eu também tenho saudades de quando trabalhava fora. Sabe, apesar de todos problemas que enfrentamos no dia a dia com chefe, colegas é a melhor coisa. Sair de casa, ter algo bacana para fazer. Conversar, arrumar etc...
Mas...
Espero que seus projetos concretizem.
Já vamos marcar uma data para nosso encontro, ok???
Fique bem.
Bjs mil

Tati Pastorello disse...

Amiga Gi, não te acho louca, te acho feliz, sortuda! Trabalhar com o que se gosta, onde está seu coração, é o sonho e desejo de todos os mortais (pelo menos dos mortais!).
Que bom que está feliz. Assim tudo torna-se felicidade: Sair de férias e voltar ao trabalho.
Fiquei feliz que a receita agradou. Que bom! Assim, sempre que fizer vai se lembrar da gente e do nosso almoço tão especial.
E que bom que o Vitor repetiu, fiquei de coração partido de saber que ele queria mais e teve vergonha de pedir. Eu tive vergonha de oferecer mais e dele não ter gostado... rsrsrs
Beijos.

Lúcia Soares disse...

Giovanna, é mesmo um privilégio gostar do trabalho que temos. Ir com prazer, com satisfação, amar até o espaço físico é muito bom.
Trabalhei por 9 anos e gostava muito, queria férias mas queria voltar logo, também! rsrsr
Feliz ano de trabalho pra você.
Outro privilégio é tirar férias em janeiro, né?
beijo!

Maria Lúcia - Asas da Imaginação disse...

Oi Gi! Que saudade, amiga! Não tenho tido muito tempo para o blog, de visitar vcs; tenho me limitado a retribuir as visitas queridas, pois uma pessoa muito próxima de mim está precisando muito do meu tempo quando não estou envolvida com meu trabalho.
Gi, amei ver o seu amor pelo que faz. Graças a Deus que vc pode prosseguir o curso de sua vida, de forma tranquila. Que seu novo ano seja muito abençoado e que Deus responda suas orações.
Vc quer compartilhar sua história de amamentação lá no blog? Eu ficarei muito feliz em publicar!
Beijos.

Cantinho She disse...

Queridonaaaaaa que post mais lindo! Minha Linda isso chama-se merecimento e nem todos têm por motivos variados e desconhecidos, quem trabalha no que ama é uma dádiva! ;)
Beijo, beijo!
She

Glorinha L de Lion disse...

Oi Gi, tb te acho uma sortuda de trabalhar com o que gosta e ter amigos onde trabalha e amar tanto o que faz...E ainda ganhar por isso! Ô coisa boa! Precisava de um emprego assim...hehe E esqueci de falar, o Vítor é mesmo um fofo...beijo pra ele tb! Beijo grande,

Gina disse...

Gio (se importa que a chame assim?),
Isso é realização!
Quando trabalhava isso não era uma constante, era real, com dias difíceis e dias de muita empolgação. Mas isso era um sentimento meu. Os colegas de trabalho e eu tínhamos todas as razões do mundo para ser estressados com a atividade, mas eu buscava a motivação, me impunha metas, corria atrás. Participava de organização de festas na empresa, criava mesas decoradas, montei um livro de receitas... Qualquer dia conto um pouco dessa experiência no blog.
Outra coisa que considero importante é ter uma atividade paralela para dar um equilíbrio, para chegar numa segunda-feira feliz da vida, como já aconteceu comigo.
Fico feliz por você trabalhar no que gosta com tanto entusiasmo.
Bjs.

Jacinta Dantas disse...

Ei Giovanna,
gosto de ver essa felicidade que você irradia falando do seu trabalho. É bom, é gostoso. Feliz retorno, felizes projetos, tudo de bom.

beijos

PS: deixo um comentário, lá no florescer, sobre o que escrevi. Veja.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

não acho loucura não.
ao contrário: porque não se amar um trabalho? Vejo isso nos japoneses, a maioria trabalha com um amor que nunca vi igual. E se passamos boa parte da nossa vida trabalhando, então não é melhor sermos amigos de nosso trabalho?

se vc gosta do trabalho, está feliz, que bom! isso é sinal de qualidade de vida.

tenha medo do ódio e do mau sentimento. medo do amor é bobagem, vai por mim.

bom dia

escargopotte disse...

lindo, e me reconheci nos dizeres, ah que saudade dos anos passados atraz de uma mesa de escritorio ... saudade do barulho , do cheiro , mas nao do meu salario, era pouco ...rs
beijinhos e obrigada

Macá disse...

Gi
eu ia dizer que você é louca mesmo, mas depois, lendo e pensando no que escreveu, só posso dizer que você é uma felizarda. São poucas as pessoas que sentem esse prazer ao voltar pra o trabalho depois das férias. E isso só quer dizer que você ama o que faz, e isso é muito bom. Que sorte a sua. Aproveite bem esse período então.
beijos

Sonia Guzzi disse...

Sempre estamos querendo ir pra poder voltar, não é? E quando voltar querendo ir novamente...
Bjs querida.
Em divina amizade.

Ahhh, o meu blog que vc segue será desativado,ficará este que faço o comentário:
http://soniaguzzi.com.br

Maria Célia disse...

Oi Gi
Que maravilha, ter prazer, gostar do seu trabalho. É muito bom se sentir assim. São poucos os que gostam do que fazem.
Parabéns pra você.
Bjo

pensandoemfamilia disse...

Oi Gi
Loucura é trabalhar no que não se gosta.
Fico feliz por exercer com amor suas funções.
bjs

Isabel Cristina disse...

Oi Giovana, estou de volta!!

Que bom que você trabalha no que gosta! Isto faz muito bem para a alma e para a mente!

Quando puder me faça uma visitinha, estou com saudades!

Beijos e feliz 2011!