sábado, 27 de novembro de 2010

UM CANTO DE SOLIDARIEDADE COM A CIDADE MARAVILHOSA

Ave, Rio de Janeiro,
o Deus da Misericórdia e o povo da Paz estejam contigo.
Bendita és tu entre todas as cidades do mundo pela tua beleza
e bendito o fruto de teu ventre, o povo carioca, com sua alegria e sua eterna vontade de viver.
Cidade santificada pela presença do Cristo do Corcovado,
mãe acolhedora de gente que vem do mundo inteiro
não te dobres ao poder da violência.
Reage com dignidade a todos aqueles que querem apagar a tua alegria.
Coloca o bloco da paz na rua.
Pula o Carnaval da Vida até a apoteose da felicidade.
Acaba com as divisões em facções e faz de tuas favelas uma única comunidade.
Supera a distância entre ricos e pobres e junta tua gente num só povo.
O ritmo de tuas baterias e o canto de teus enredos ponham para correr o barulho dos tiros.
A marcha das tropas ceda o passo às evoluções de tuas passistas.
Empurre os carros alegóricos na passarela da festa no lugar de acionar os blindados
A fumaça dos incêndios não obscureça o esplendor do sol que ilumina tuas praias.
O verde dos teus morros e o azul do teu mar tomem o lugar do vermelho do sangue dos teus filhos ceifados pela violência.
Acaba com as praças de guerra e deixa tuas crianças brincar em paz pelas tuas ruas.
Que até o topo dos morros não suba somente o caveirão, mas a saúde e a educação, a dignidade e a melhoria na habitação.
Cria a tropa de elite da paz que invada as tuas ruas espalhando a semente da reconciliação.
Salva teus meninos e meninas das garras do tráfico e do consumo das drogas.
Cria em teus filhos a paixão pela vida.
Muda o desespero das mães diante dos caixões de seus filhos num canto de festa pela alegria de vê-los crescer e conquistar seus objetivos.
Como o pão de açúcar nunca falta nos teus cartões postais assim nunca falte o pão partilhado em tuas mesas.
Passe à história por acabar com a violência sem fazer vítimas.
Peça ao Cristo de descer do Corcovado e de entrar em cada casa e no coração de todo morador.
Deixa o amor de Deus tomar conta da tua vida.
O povo da Paz torce por ti.
Rio de Janeiro lhe queremos bem.

 Savério Paolillo (Padre Xavier)
de nacionalidade Italiana, morador do Estado Espírito Santo, cidadão do mundo

6 comentários:

Lúcia Soares disse...

Giovanna, estou arrepiada, trêmula e com os olhos rasos d'água!
Que linda oração!
Que todos a façamos, entoemos um canto de louvor a Deus, para que sejamos ouvidos e a paz reine na Cidade Maravilhosa.
Infelizmente, só não sei se será sem sangue.
Pelo menos que não seja dos inocentes.
Se você conhece o Padre, dá um enorme abraço nele!
Deus há de ouvir esse canto de agonia.
Beijos!

Gina disse...

Nossa cidade maravilhosa merece paz.
Estava lá justamente nesses dias, cheguei hoje, mas nada presenciei de preocupante.
Depois eu conto sobre o show do filho, que foi maravilhoso!
Bjs.

Nika disse...

Linda oração que todod nós a façamos pelo Rio de Janeiro.
bjs e ótimo domingo.

Dora Regina disse...

Como carioca que sou só tenho a agradecer, espero em Deus que esse episódio de violência não tenha um final tão infeliz, nunca vi coisa igual aqui, estou assustada, mas confiando em Deus.
Um grande abraço! Bom fim de semana!!

Fernando disse...

Que o sentimento de paz seja mais forte que o sentimento de vitória.

Meu beijo!

Iram M. disse...

Gi, nem fala amiga.
Nos aqui sofremos pelo medo e pelo que está se repercutindo no mundo inteiro. Nosso Rio, tão falado, tão admirado, tão visitado é uma pena! E as pessoas inocentes vítimas dessa guerra?! Só Deus mesmo pra ter piedade.
Bejos amiga

Iram