quinta-feira, 28 de julho de 2011

Sou apenas uma mulher

Talvez tenha escolhido esse título estranho para essa postagem  para que eu mesma tome consciência da minha limitação. Estou num momento muito difícil. Talvez a proximidade do meu aniversário me faça pensar e refletir tantas coisas. Não me sinto bem de saúde, com disposição, mas há muito trabalho para ser feito. Necessito urgentemente me animar e cuidar melhor de mim. Exercícios físicos, reeducação alimentar, olhar com mais leveza pra vida, cuidar da minha ansiedade, aceitar com mais facilidade o que não posso mudar, são alguns itens necessário para essa virada.

Sinto-me cansada, parece que ando, corro, mas não saio do lugar. O sentimento de frustração por não conseguir resolver tantas coisas me deixa mal. A falta de educação ou sensibilidade das pessoas que estão a minha volta me deixam sem chão e acabo sempre levando para o lado pessoal. Preciso entender que não posso mudar o mundo, as pessoas e  que na maioria das  vezes não consigo sequer me mudar. Não sou a mulher maravilha, sou apenas uma mulher comum e limitada. Desculpe-me o tom de desabafo, mas as vezes fica tão difícil e no momento falta-me tempo pra chorar e lamentar.

13 comentários:

Elen disse...

Espero que essa fase passe logo

abraços cheirosos

Glorinha L de Lion disse...

Minha querida Gi. Me identifiquei totalmente com a primeira parte do seu post...Sei tb quanto preciso e devo mudar em mim pra minha vida melhorar, tb não ando me sentindo bem de saúde, preciso me alimentar melhor, fazer uma dieta, enfim...tantas coisas eu preciso mudar...ando cansada de certas pessoas, das atitudes delas...Mas espero, que possamos sempre contar uma com a outra nos momentos difíceis: estou aqui, sempre que quiser um ombro amigo, beijão, te adoro!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Em primeiro lugar, agradecendo, com carinho, os votos bons de um feliz níver:

"A felicidade

É como a gota de orvalho"...

Foi um dia abençoado e feliz!!!

Amiga, como é difícil trabalhar em nós a serenidade... Que Deus lhe ajude nesse sentido, tá???
Um super bj ainda festivo

LILIANE disse...

Giovana

Ouvi esta frase da minha psicologa: quando não der pra você fazer tudo, faça o melhor que você puder.

Com calma, mudando devagarinho as coisas....

Não mudamos do dia pra noite, né Gi.
As vezes precisamos renascer, deixar de lado algumas opiniões e crenças pra gente ficar mais leve.

Descanse... procure tomar água, aproveite os momentos bons quando eles existirem, e certamente existem.

A grosseria e indelicadeza é do outro, é problema do outro, não seu.

Cuide bastante de você porque vc merece!

beijinhos

Teresinha Ferreira disse...

Olá Giovanna,
Pois é minha amiga, passamos por momentos difíceis na vida. Às vezes, queremos mudar tudo e todos, mas não por ai. Nem sempre podemos resolver todos os problemas existentes. Sei que é fácil falar, nas não é nada fácil colocar em prática. Eu estou passando por um momento muito delicado... Mudanças e mudanças.
Procure dar um tempo para você. Faça uma massagem e relaxe.
Qualquer hora vou te ligar.
Bjs mil

pensandoemfamilia disse...

Oi Gi

Cada passo no seu tempo. Mudanças realmente são necessários; agir é o verbo a ser aplicado no que lhe couber. Faça a sua parte e aguarde.
Que tal escrever sobre o Melhor Momento, estou aguardando, lembra.

Coisas boas nos energizam.
bjs

Tati disse...

Oi Gi,
Sabe o que li? Que a mudança já começou a acontecer! Que quando você se olhou, entendeu suas limitações, aceitou sua parte na história e entendeu que há questões que não são sua responsabilidade, há coisas que você não pode mudar, pode apenas aceitar. E aceitando, se abre para que a situação mude (por ela, e não por você).
Cuide da saúde, isso inclui sua alegria e disposição. Agarre-se às coisas boas da sua vida. São muitas também!! Você está renascendo em sua própria vida. O parto é sempre doloroso, mas renovador. Estou contigo!!
Desculpe se não respondi antes ao seu comentário. Estava procurando as palavras certas, e por incrível que pareça, eu as li em seu post. Leia-o e releia-o. Você já sabe o que tem que fazer. Coragem. Eu acredito em você.
Beijos.

Iliane disse...

tomara que essa fase acabe logo..mas...todas nós passamos por isso..essa tristeza..essas ansiedades..a gente precisa mesmo é aprender a controlar!para sair disso!!a gente precisa nessa hora é ter alguem que nos abraçe e entenda...eu ti entendo!!!..mas..lava o rosto..levanta a cabeça e esquece tudo..a vida ..com todos os problemas que ela nos tras é maravilhosa!!torço por você amiga..fica bem..bjus

Socorro Melo disse...

Oi, Giovanna!

Escreveu pra mim? Me serviu como uma luva, kkk

Nossa, como preciso entender tantas coisas! Como preciso de serenidade... A ansiedade é presença constante, a impaciência, o descrédito... Penso que posso mudar o mundo? Como? Se não mudo nadica de nada nem em mim mesma?

Ai, cansa mesmo. Mas, se não acreditarmos que dias melhores virão, eles não virão mesmo. Vamos à luta!

Beijos
Socorro Melo

Anabela Jardim disse...

Esses pensamentos às vezes me ocorrem também. É preciso adequar o ritmo da vida nestas horas de incerteza, é um sinal que não devemos mesmo correr tanto, e muito menos esperar o impossível das pessoas.

Zilda Santiago disse...

"TENDE BOM ÂNIMO"....JESUS
bJS NO CORAÇÃO.

Lúcia Soares disse...

Giovanna, espero que já se sinta melhor. Amigo é importante demais em nossa vida, pode contar sempre comigo, mesmo de longe.
A Tati escreveu certo, vc já sabe que rumo tomar.
Cuide de você. Um dia de cada vez.
Beijo!

Isadora disse...

Gi! Acho que todos nós vivemos assim, correndo contra o tempo, tentando resolver tudo e vendo que nem sempre conseguimos.
Um olhar mais apurado para nossa própria vida, nos mostra o quanto precisamos rever certos aspectos, mas mesmo assim e sabendo nos sentimos cansados até para as mudanças, mas tudo no seu tempo e sempre com o coração tranbordando esperança seguimos em frente. Cabe a nós darmos a virada que queremos em nossas vidas.
Melhoras rápido.
Beijos