quarta-feira, 11 de novembro de 2009

O apagão e o céu estrelado

O meu filho mais velho tem 19 anos. Sei que sou mãe e portanto suspeita pra falar dele, mas acho que é um menino (desculpe-me pelo menino) muito inteligente, muito maduro politicamente. Sempre soube fazer suas escolhas e buscar seu proprio caminho na vida. Porém emocionalmente não é assim que acontece e por isso vive em casa silenciosamente. Não conversa, não pergunta e não responde. Vocês nem podem imaginar as formas que encontro  para me comunicar com ele. Ultimamente entro no twitter http://twitter.com/viniciusvalfre) para saber o que anda falando, pensando, lendo e vivendo. Ontem teve o apagão, ai meu Deus, eu sozinha, o filho mais novo dormindo, o Vinícius na faculdade e o marido no hospital com a mãe. E hoje estava lendo uma das coisas que o meu filho escreveu sobre o assunto: O apagão me fez perceber como o céu é bonito.


Acho que uma pessoa que consegue perceber e escrever uma coisa simples assim e ao mesmo tempo sincera e profunda tem sentimentos nobres guardados dentro do peito. Acredito sinceramente que essa fase vai passar e espero pelo seu abraço a  qualquer momento.

BRINCADEIRA

Recebi das minhas amigas blogueiras Drica do Drica Bordados em Ponto Cruz e da Taty do Construindo um Lar, essa brincadeira. Obrigada amigas. Então vamos lá:




A brincadeira é assim: seguir as regras, levar o selo acima para identificar quem esta, esteve ou estará na brincadeira, completar as seguintes frases:



Eu já ... chorei muito e tive crises de riso

Eu nunca ... viajei para fora do país

Eu sei ... que amo meu trabalho

Eu quero ... ler todos os livros possíveis

Eu sonho ... ficar velhinha ao lado do meu amor


E indicar 5 blogueiras para dar sequência a brincadeira. Indico para:

Lydia do Cor de Rosa Choque
Cibele do Organizando, Arrumando e fuçando
Sandra do Patch e Bordados by Sandra
Elenice do Coração Bordado
Dani do Detalhes Bordados

Também recebi da Taty do Construindo um lar essa gracinha de selinho e adorei. Deixo de presente para as mesmas amigas e peço licença para não impor as regras. Fica livre pra aceitar ou  não o mimo.



Lydia do Cor de Rosa Choque
Cibele do Organizando, Arrumando e fuçando
Sandra do Patch e Bordados by Sandra
Elenice do Coração Bordado
Drica do Bordados em Ponto Cruz
Jacinta do Florescer
Aos queridos e queridas que passam por aqui deixo o meu abraço carinhoso.

11 comentários:

Luciana Casado disse...

Oi Gi, tenho certeza que essa fase vai passar! Fique tranquila! E o que ele escreveu é lindo e sensível, então é só uma fase de introspecção, logo ele voltará a ser como era antes...

Parabéns pelos selinhos!!
Bjus, Lu

Cris França disse...

Gi

me emociou , essas coisas de filhos sempre nos surpreendem.
Confie. bjs

Taty disse...

É a idade amiga, "coisas de jovem" como diz meu pai... logo passa. Beijosss

Jacinta Dantas disse...

Pois é Giovanna,
os filhos crescem e a gente "embobece" diante da admiração que por eles temos. O menino que sai de vc é sempre menino para vc, mas é gente grande a olhar para o céu e perceber sua beleza. Quanto ao abraço, esse virá.
Mais uma vez, obrigada pelo mimo.
Bjos

Ana, A menina que roubava idéias disse...

Não desista!! Fale com ele, uma hora ele responde.

O meu ainda conversa comigo, o mais novo que é meio impaciente.

E toda mae tem direito de ser coruja. beijos

Silvana Nunes .'. disse...

Venho aqui dar uma espiadinha e agradecer a sua visita no meu blog. Obrigada também por suas palavras carinhosas para com o meu trabalho.
Quando quiser ouvir uma história é só clicar em FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Tenha um BOM DIA.
Que a PAZ e o BEM esteja sempre com você.
Saudações Florestais !

Café com Bolo disse...

Oi Giovanna, não sei se te falei que meu filho tb é assim....só que já foi pior...hoje está com 25 anos e é o silencio em pessoa, fica na dele, não emite opiniões, mas é um sábio....quando abre a boca é pra falar algo que realmente tem a ver, ou alguma coisa que ele observou muito bem e tum....quando menos se espera, Gabriel solta uma que fica todo mundo bobo...desde pequeno é assim....então, relaxa, seu filho deve ser observador ao extremo...sei que dá uma certa agonia não saber o que eles pensam e acho que quem é assim feito eles, deve sofrer muito, por não saber se abrir, mas cada um é de um jeito...já pensei se análise não seria bom..mas agora, na idade em que o meu está, quem tem que procurar ajuda, se sentir necessidade é ele, né?
Bjocas

Silvana disse...

Oi Gi!

Sabe que eu pensei no mesmo que vc?

Estávamos jantando num restaurante na hora do apagão e pensamos como seria voltar a viver sem as benesses da eletricidade, como seria ver o céu estrlado sempre...

Mas tb comentamos da dificuldades, sem máquina de lavar roupas, sem micro-ondas, sem internet nem computador....

Sei lá, a gente vicia em certas coisas...rs

Beijoooo

cantinho she disse...

Olá acabei de ler o seu conto lá no blog Canto de Contar Contos e parabéns. Lindo demais! E tb achei super emocionante. Por isso passei para te conhecer e adorei o seu blog e já tô te seguindo!
Amei o seu post e é por aí mesmo que precisamos seguir na vida, tirar até de um momento ruim algo de bom e que no caso do apagão é o lindo céu estrelado. Show!
Beijinhos
- Cantinho She -

Lidia Ferreira disse...

Lindo texto sobre seu filhos , engraçado como ele nos surpreende né
Amiga estou percebendo que voce esta confundido, o meu nome e Lidia (corderosachoque) a Lydia com y e nosso outra amiga o blog dela e (http://lydiacomy.blogspot.com vale a pena visitar ela e minha chara
bjsssssssssssssssss

Lidia Ferreira disse...

mesmo assim to levando meu selo rsrsrsr
obrigada pela lembrança
bjssssssssssss